Translate

domingo, 7 de novembro de 2010

HARMONIA :Da Cozinha a Vida !



É possível harmonizar um belo vinho com um prato, sendo que este último também depende da harmonia de sabores,cores, texturas e aromas para ser perfeito.

É possível harmonizar o clima de uma cozinha profissional, para que toda a equipe trabalhe concentrada e tranquila, diminuindo o número de erros cometidos e assim os clientes saim ainda mais satisfeitos.

Ainda, é possível (e necessária) a harmonia entre os diversos setores de um restaurante, para que ele seja plenamente bem sucedido.

Mas o chef olha pra dentro de sí e se pegunta: é possivel que sempre haja harmonia nas nossas vidas?

Não temos controle para o que há de vir, por mais que nos preparemos. Mesmo sendo precavidos, temos pouco controle das nossas vidas. É uma panela de pressão, a todo vapor, sempre prestes a explodir.

"Toda ação provoca uma reação de igual intensidade, mesma direção e em sentido contrário", diz o enunciado da 3a Lei de Nilton. É o equilibrio do universo. Toda energia que colocamos em alguma coisa, voltará na mesma intensidade e no sentido contrário. Aplicando esta lei no nosso cotidiano, se algo de muito ruim acontece na nossas vidas, algo de bom virá em contrapartida.

Este é um dos segredos da vida: buscar na desarmonia o contrapeso para se equilibrar.

Não quer dizer que não possamos ficar tristes ou abatidos. Todos ficamos e devemos ficar. São sentimentos fruto de milhões de anos de evolução. O luto é necessário para nossa sobrevivência.
Porém, a mesma força que causa o luto, trará algo de muito bom. E se tivermos com os olhos sempre ocupados com lágrimas, como iremos ver o que a vida tem de melhor para oferecer?

A harmonia existe em momentos pontuais, o chef se responde após momentos de reflexão. Nem tudo são flores, ouvimos isto desde crianças. Esperar que tudo seja perfeito é pedir para sofrer. Só achar defeitos e que a vida é ruim, nem se fala.

Verdade seja dita, não existe uma verdade absoluta para nada. Mas cada um tem que buscar dentro de si o seu ponto de equilíbrio e sua harmonia- mesmo nas piores tempestades, o sol há de brilhar.