Translate

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Literatura: `A Mulher e o Vinho ` -

Créditos: Gonçalo Caiada



À mulher e o vinho

- Mulher minha não bebe mais vinho,
Que lhe quero dar uns socos.
- Pés tortos não calçam socos,
Ora venha vinho prós nossos copos.
- Mulher minha não bebe mais vinho,
Que lhe quero dar umas meias.
- Pernas feias não calçam meias,
Pés tortos não calçam socos,
Ora venha vinho prós nossos copos.
- Mulher minha não bebe mais vinho,
Que lhe quero dar uma camisa.
- Barriga lisa não veste camisa,
Pernas feias não calçam meias,
Pés tortos não calçam socos,
Ora venha vinho prós nossos copos.
- Mulher minha não bebe mais vinho,
Que lhe quero dar um casaco.
- Corpo fraco não veste casaco.
Barriga lisa não veste camisa,
Pernas feias não calçam meias,
Pés tortos não calçam socos,
Ora venha vinho prós nossos copos.
- Mulher minha não bebe mais vinho,
Que lhe quero dar um vestido.
- Cu comprido não veste vestido.
Corpo fraco não veste casaco.
Barriga lisa não veste camisa,
Pernas feias não calçam meias,
Pés tortos não calçam socos,
Ora venha vinho prós nossos copos.



in Literatura Popular de Trás-os-Montes e Alto Douro, Joaquim Alves Ferreira, IV Volume, 1999