Translate

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Primeira Cidade Brasileira : Garibaldi!

GARIBALDI!!Simplesmente, ou
Anita Garibaldi...


















Garibaldi que assim foi batizada em homenagem ao herói de dois mundos: Giuseppe Garibaldi! Este município foi o primeiro a produzir a champanha que por essa razão esta na rota enoturística do estado guardando todas as técnicas de elaboração que podem ser mostradas aos turistas interessados . Cidade que conserva a gastrônomia dos imigrantes italianos e aliada aos mais finos champanha francesa. E é nas caves de pedra onde armazena-se a produção é que se prestigia um passeio pela Arte, História e Técnica, sempre orquestrada pela culinária italianissíma da região.

Anita Garibaldi, nome atual do município, traduz a homenagem que os catarinenses prestam a grande figura da ilustre mulher, nascida Ana Maria de Jesus Ribeiro e famosa no Brasil e no mundo, com o nome de Anita Garibaldi, herdado de seu segundo marido, Giuseppe Garibaldi. Este representa, seu idealismo e papel histórico que desempenhou, um personagem grato aos brasileiros, uruguaios, argentinos, e sobretudo aos italianos, sendo conterrâneos, que tiveram em sua límpida espada, a que unificaria a Itália.
Voltando ao passado, o local ficou conhecido com o nome de " Rincão dos Baguais'',nestas ocasiões além do comércio normal com as mercadorias transportas pelos tropeiros, sempre havia troca e compra de animais de cavalgadura então por esse motivo .
No ano de 1900, chegaram famílias italianas que desbravaram, as matas para o desenvolvimento da agricultura dentre elas destacaram-se as famílias de Paulino Granzotto, e seus irmãos, Benevenuto Menegazzo, Eduardo Salmória, Luiz Gracietti, João Pacheco de Andrade, Bernadino Ribeiro, Franscisco José Ribeiro e Joaquim Fermino Varela. Com a força de vontade destes, surgiram as primeiras iniciativas para o desenvolvimento.Existem diversas versões quanto à história e à origem da localidade.Mas há outras versões que indicam que em 1800 registrou-se a passagem de povoadores paulistas e gaúchos, seguindo-se mais tarde em 1825, o aparecimento de tropeiros dos vizinhos, Estados do Paraná , São Paulo e Rio Grande do Sul.
Uma região que começou apenas ser vista como turística, hoje, pelo consumo elevado além das datas comemorativas da champanha, proprocionou para o município o Consórcio de Produtores de Espumantesde Garibaldi, semelhante ao da França e o pró-seco da Itália .

Segundo o Secretário de Agricultura de Anita Garibaldi, cujo encontro municipal sobre a produção de uva promovida por ela mesma , teve sério aproveitamento com suas palestras que transmitiram dados importantes da produção e são pessoas que vivenciam o cultivo da uva desde pequenos até hoje. O mais importante é que produzir uva é um bom negócio, somente a Indústria de Vinhos Randon já solicitou e garante a compra de 1 milhão de quilos de uva à mais do que está adquirindo atualmente. O mercado de vinho e suco está crescendo enquanto a não.


Para estar a par de maiores informações sobre a Rota do Espumantes ,acesse:
Informações Geográficas:
O Município de Anita Garibaldi está situado geograficamente no Planalto Serrano, fazendo divisa com os Municípios de Cerro Negro e Celso Ramos. Fisiograficamente encontra-se na latitude 27º 40' 53" e longitude 51º 05' 00". A altitude média de 900 metros acima do nível do mar, com uma temperatura média anual de 15,6º C. e clima temperado.
A área total do Município é de 637 quilômetros quadrados. Tendo um único Distrito, Anita Garibaldi confronta-se ao norte com Campos Novos e Abdon Batista, ao sul com Pinhal da Serra - RS, a leste com Cerro Negro e ao oeste com Celso Ramos. Com uma população de 9.141 mil habitantes .