Translate

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Quasso Barolo'2006


Certamente mais um deliciosa aventura enogastronômica italiana como as imagens aqui poderão complementar ...
Pão Torrado
Uvas para acompanhar os queijos
Limão, caso queira usar sob o salmão
Barolo 2006 e moût de raisin
Complementos indispensáveis que dão a nota doce às papilas ...


Esse barolo tem sua história regional .





É um vinho de Piemonte e como os vinhos do Piemonte são notados já em História Natural de Plínio. Devido ao isolamento geográfico e político, Piemonte estava sem um porto natural para a maioria de sua história, que fez a exportação traiçoeira e cara.
Este incentivo deixou pouco com a Piemontese para expandir a produção. Registros do século XVI-show de apenas 14% Dos Langa Bassa de vinha - a maioria de que a baixa altitude e de criação polyculturally.
No século XIX, a Marchesa tem Falletti francesa de nascimento, eonologist Trazido Louis Oudart de Champagne para criar os primeiros vinhos secos em Piemonte. Junto com o trabalho experimental em Vinhedo na Castello Grinzane Cavour Conduzido por Camilo - Depois Conte di Cavour, líder do Risorgimento e primeiro-ministro da Itália - Este foi o nascimento do moderno no vinho do Piemonte.
No Coração da região e sua reputação é Alba e os Montes Langhe. Esta série de afloramentos intemperizados Tanaro sul do rio é de origem marítima e principalmente composto de areia, calcário e argila, terra conhecida como Bianca. Nesses solos, localizadas principalmente ao redor das cidades de Barolo e Barbaresco - o Allobrogica antiga, agora Nebbiolo.




De cor Rubi claro. Terra molhada sobre o nariz,hortelã.
Grandes e aveludado na boca, o cacau, adstringência bem dominada, balsâmico. E dura e dura e dura. Mais balsâmico no final. Eu amo o vinho como um todo!

Uma noite bem especial .



Viva o Vinho!