Translate

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Córsega


Desde milhares de anos a vinha acompanha a culinária corsa e abastece as mesas da ilha e da França. A Córsega tem nove apelações controladas e uma de vinho regional (Vin de pays de l’Ile de Beauté). As duas mais famosas são do norte da ilha, Patrimonio e Ajaccio (a capital). Mas as outras são também especiais. Encontram-se as uvas do Sul da França (Grenache, Sepah, Cinsaut), ou de outras regiões ( Cabernet, Merlot, Chardonnay). Mais de 90% da produção são dominadas por três uvas autoctones, duas tintas e uma branca.A Sciacarellu produz delicados vinhos nos terrenos graníticos. Aromáticos, prontos para beber jovens. Às vezes encorpados como em Ajaccio.A Nielucciu é a uva dos terrenos calcários e de marinas, como em Patrimônio; os vinhos são profundos, escuros e encorpados. São vinhos de guarda ( 7, 8 anos).Os brancos, muito aromáticos, com acidez baixa, são produzidas a partir da uva Vermentinu. Acompanham muito bem um peixe grelhado, ou em crosta de sal, e frutos do mar.Ao Norte (Cap Corse), há a produção de um delicioso vinho doce natural, famoso na França e na Itália, como aperitivo ou vinho de sobremesa: o “Muscat du Cap Corse”, oriundo da uva “muscat à petit grain”.
Boa viagem e saúde com os vinhos da Córsega.