Translate

terça-feira, 5 de abril de 2011

100% ' cork '


Muita gente pensa que a extração da cortiça se dá pela derrubada de árvores, quando na verdade o processo de produção exige apenas a casca da retirada.


“Já ouvi gente dizer que vêm de florestas brasileiras ou que crescem como esponja nos oceanos”


Para desfazer esses mitos, um site de campanha chamado 100 percent cork (100%cortiça) mostra como a cortiça é produzida e esclarece as principais dúvidas dos consumidores.


A campanha pede ao visitante para assinar a petição 100 percent cork e boicotar os vinhos com rolhas artificiais.


“A cortiça não é boa apenas para fechar as garrafas de vinho”, diz o texto.



'' É a única escolha biodegradável e orgânica.''


A cortiça é produzida a partir da extração da casca do sobreiro, árvore da família do carvalho.


São necessários precisos 25 anos até que um tronco comece a produzir cortiça e cada tronco tem que atingir um perímetro de cerca de 70 cm quando medido a 1,5 metro do chão.


A partir de então, a sua exploração durará em média 150 anos, com uma média de 15 a 16 extração ao longo da vida e em intervalos de nove anos.


Veja abaixo os vídeos: um sobre a produção de cortiça em Portugal e outro sobre a reciclagem do produto.