Translate

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Muito Da Córsega e Seus Produtos Familiares

CÓRSEGA GASTRÔNOMICA
A Córsega, como a maioria das terras mediterrâneas, possui uma gastronomia rica, saborosa e repleta de autenticidade. Infinitos aromas e sabores marcam as receitas e os pratos mais tradicionais e encontrados na mesa dos habitantes da Ilha. Charcutaria, queijos de cabra, bolos, biscoitos, pães, geléias e farinha de castanha são alguns dos itens encontrados por toda a parte.
A Córsega, terra mediterrânea por excelência, possui uma história secular (mais de 3.000 anos) de cultivo de oliveiras e fabricação de azeite. Localizadas entre 2 e 700 metros de altura e espalhadas por toda a ilha, estas belas e elegantes plantações guardam uma variedade infinita de frutos e dão produtos de qualidade inigualável. Com uma produção artesanal e relativamente pequena para a exportação, são raros os povos que conseguiram o privilégio de ter os aromáticos e delicados azeites corsos em sua mesa.
As plantações de oliveira são vastas e ricas, a produção do azeite corso deve seguir regras rígidas, estabelecidas pelo Conselho Oleícola Internacional e órgãos responsáveis pela concessão e fiscalização de produtos classificados como de Denominação de Origem Controlada, cuja finalidade é garantir qualidade, origem e autenticidade.
História, tradição e amor pela terra fizeram surgir o Oliu di Corsica, que hoje é sinônimo de excelência, respeito pela natureza e um savoir-faire artesanal. Responsável pela produção dos melhores e mais típicos azeites de oliva da Córsega, o grupo é composto por produtores de oliva, produtores de azeite e proprietários de moinhos, totalizando uma área de aproximadamente 40.000 oliveiras plantadas em 172 hectares.


Da ''CASTANHA DA CÓRSEGA'' :
BRASSERIE PIETRA
Criada em 1995, na cidade de Corte, a Brasserie Pietra nasceu da ousadia e força de vontade de seus fundadores de criarem a primeira cerveja genuinamente Corsa da história. Foram anos de estudos e preparação até que surgisse o primeiro exemplar do que se tornaria um enorme sucesso entre as cervejas do mercado.
Prezando sempre privilegiar matéria prima e cultura locais, a Brasserie Pietra iniciou sua produção desenvolvendo uma receita de cerveja capaz de levar a célebre e muito presente farinha de castanha Corsa.
Único local da Europa onde a castanha ainda é transformada em farinha e muito utilizada para pães, polentas e diversas outras receitas, a Córsega é também conhecida como a “Civilização da Castanheira”.

Nasce então, em 1996 a primeira cerveja no mundo a utilizar farinha de castanha em sua composição. Com uma bela cor Âmbar, obtida através de baixa fermentação e com 6% de álcool, a PIETRA é uma cerveja especial, elaborada através de métodos artesanais e tradicionais, a partir da mistura única de maltes selecionados e farinha de castanha corsa.
O sucesso da invenção entusiasmou ainda mais seus criadores e em 1999, surge então a COLOMBA, cerveja clara, obtida através de baixa fermentação, com 5% de álcool e elaborada também por métodos artesanais e tradicionais, a partir de malte de cevada, trigo e aromatizada com as típicas ervas de maquis.



Touché!