Translate

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Vindimando experiencias ao público em geral.


Na região Côtes du Rhône descobre-se as variedades de uvas através do crescente enoturismo , e suas colheitas .
Já tornou-se fenômeno na Franca ``a colheita participativa `` cujo turista é levado conhecer diretamente na fonte a origem do vinho . Isto esta se revelando uma sociedade cujos membros não querem mais ser apenas observadores ou consumidores, mas participantes ativos também.

Mais e mais dos viticultores estão oferecendo fins de semana ou um dia inteiro de vindimar experiências ao público em geral. Como é visto nos círculos culturais,as pessoas estao pagando para colher uvas!

Como Bernard Mendez de Domaine Beauvalcinte em Suzette, localizado na AOC Beaumes-de-Venise, que desde 2003, duas vezes durante o mês de setembro, ele recebe turistas em grupos de não mais de 10,explica :

``A colheita é apenas um pretexto para descobrir as diferentes facetas do trabalho dos viticultores."
Seu vinhedo de 17 hectares dispõe de sete variedades de uvas diferentes.
Que ensinam as pessoas uma iniciação à ampelography (identificação e classificação das vinhas com base em diferentes aspectos: folhas, vigor, botões, cor de bagas, etc ...).
``Nós pressionamos as uvas para extrair o suco, que então o gosto ", explica o viticultor. " Essas atividades permitem-nos falar sobre nosso estado, como não temos um orçamento de publicidade enorme."

Por um dia, o visitante paga 45 euros, incluindo uma refeição, e, mais sai depois de também ter comprado várias garrafas de vinho da propriedade!