Translate

sábado, 24 de dezembro de 2011

Pistas da ``natureza do beber ``

Fonte: Wikipedia.


Consumo de bebidas alcoolicas , em macacos!



Dois cientistas, o psiquiatra Frank Ervin e a geneticista Roberta Palmour, professores de universidade MacGill em Montreal, no Canada , realizaram uma pesquisa na ilha caribenha SanCristovão sobre o consumo de álcool em macaco da espécie Chlorocebus , conhecidos como macaco Vervet e que hoje sao animais selavaegsn, mas na verdade foram introduzidos na ilha como animais de estimação no século 17.

Este foram escolhidos para pesquisas depois de descobertos que gostavam de álcool , o da cana de açúcar em fermentação nos campos da ilha produtora de rum.
Tambem outro ponto importnte para escolha dessa espécie, é o fato desses macacos constituírem 96% da genética humana, o que fornece pistas sobre a natureza do ``beber`` , e descobrir se existem pessoa scom predisposição hereditária para o alcoolismo ou que possuem ``genes para o álcool `` .

Acreditava-se que o gosto dos humanos pelo álcool teria surgido na pré-história , quando vasculhavam as florestas para encontrar frutas doces e, as vezes, algumas delas sofriam a ação de leveduras naturalos que fazem a fermentação, transformando o açúcar em álcool, etílico .
Assim o homem teria provado a fruta fermentada e apreciado o álcool. Agora, os resultados da pesquisa relatada sugerem que o gosto do homem pelo álcool pode ter surgido em nossos ancestrais primatas, portanto , uma origem muito mais antiga do que a própria existência do Homo Sapiens estimada cerca de 200 mil anos!

A pesquisa constitui em da bebida alcoólica , a mil macacos mantidos em gaiolas, dando - lhes a opção de ingerir bebidas não - acoólicas , bebidas alcoólicas , bebidas alcoólicas diluídas e álcool puro . Os resultados revelaram que esses macacos , assim como os humanos , podiam adquirir gosto pelo alcoól e se comportavam de forma semelhante quando sob sua influencia .

Conforme o consumo observado, os animais forma divididos em 4 categorias: ``abstêmio ``, ``bebedor social`` , ``regular`` e ``pesado`` .e a distribuição dos animais nessas categorias forma a seguinte:

Abstêmios – 15% - bebem pouco o nenhum álcool.
Bebedores sociais – 68%- consomem álcool com moderação, apenas quando estão em companhia de outros macacos, nunca antes do almoço e preferem o álcool diluído em suco de fruta.
Bebedores regulares – 12%- bebem regularmente e preferem o álcool diluído com agua ou puro.
Bebedores pesados- 5%- Seriamente abusivos, se embebedam, iniciam brigas e consomem o tanto quanto podem ate desmaiarem.
A semelhança entre o comportamento do Vervet e dos humanos é muito grande . Tal como acontece conosco , a maioria do macacos de ambos os sexos e de todas as idades gostam de beber e a maioria dos bebedores pesados é consituída por bebedores jovens do sexo masculino.
Assim como os humanos que se tornam agressivos , os macacos também , assim como uns ficam mais sensuais, outros mais engraçados , os macacos também.
Felizmente , nós , amantes do vinho, direcionam os este gosto para a mais saudável de todas as bebidas alcoólicas e, também, a mais ligada a moderação , colocando-nos na saudável categoria dos bebedores sociais!


Uma mat´ria sobre a pesquisa pode ser vista em:


htpp://www.youtube.com/watch?v=pSm7BcQHWXk