Translate

sábado, 19 de maio de 2012

Temperatura de Porto, tintos,brancos,rosés e espumantes!


Por Gabriela Monteleone, sommelière dos restaurantes paulistanos D.O.M. e Dalva e Dito algumas regras básicas de temperatura


Brancos – 20 minutos em um balde com gelo e água são suficientes para ele chegar à temperatura correta. Depois, é importante deixá-lo fora do balde para o vinho não gelar demais. Se a conversa for longa, mais 10 minutinhos no balde são suficientes para a bebida voltar ao ponto.

Rosés – Os puristas dizem que o rosé deve ser bebido um pouco mais quente do que o branco. Para a maioria dos mortais, obedecer a regra dos brancos está de bom tamanho.

Tintos – Se o tempo estiver fresco e você sentir a garrafa geladinha, pode servir. Em dias de extremo calor, deixe-o em balde com gelo e água de 5 a 10 minutos.

Espumantes30 minutos em balde de água com gelo, antes de servir, são suficientes. Mas diferente dos outros vinhos, os espumantes devem ficar no balde até a garrafa acabar. A única exceção é para champagnes safrados, que devem ser servidos em temperatura mais alta. Aqui, vale a regra de brancos e rosés.

Porto – Muita gente deixa o vinho do Porto no bar da casa, mas ele deve ser servido fresco. O ideal é guardá-lo na porta de geladeira e sempre fechado com a rolha. A medida vale também para os vinhos de sobremesa.