Translate

domingo, 12 de agosto de 2012

B: Termos e Jargões do Vinho.



B

BARRICA OU BARRIL
Tonel de carvalho usado em várias etapas da vinificação, mais comumente usado no envelhecimento da bebida. Confere ao vinho notas de baunilha, coco queimado, tostados etc. Em Bordeaux o padrão do barril é de 225 litros.

BÂTONNAGE
Mistura de borras com o vinho ainda nos barris.

BIODINÂMICA
Método de vinicultura orgânica que além de não usar defensivos e adubos químicos segue a teoria do austríaco Rudolf Steiner, baseada em observação das fases da lua, das marés e outros influências naturais e esotéricas no vinhedo.

BLANC DE BLANCS
Termo usado em champanhes franceses para designar a bebida feita exclusivamente com uva branca, no caso a chardonnay.

BODEGA
Equivalente espanhol para vinícola.

BORRAS (Lie na França)
Sobra de leveduras, sementes e outros sedimentos que se depositam no vinho após a fermentação. Nos champanhes o contato prolongado com as borras conferem caráter ao vinho.

BOTRYTIS CINEREA
Um fungo benéfico e até desejável que ataca as uvas sob certas condições climáticas. Elas perdem a água e concentram açúcar e ácidos. Uvas botritizadas produzem vinhos licorosos, como o Sauternes, da França, ou o Tokay, da Hungria.

BOUCHONNÉ (ou gosto de rolha)
Trata-se de um vinho que tem um forte cheiro de rolha (em francês bouchon). Esse fenômeno se deve a um desequilíbrio de certos mofos específicos da cortiça. O vinho perde o sabor da fruta e o gosto vai se tornando amargo e piora muito depois de aberto.

BRUT
Termo reservado para espumantes, significando seco.

BUQUÊ
Conjunto de aromas complexo e agradável que exala de um vinho e é percebido pelo nariz; é o somatório dos aromas primários, secundários e terciários.