Translate

sábado, 2 de março de 2013

Lekitsch Bar, na Praça Roosevelt !








                Praça Roosevelt é o local no centro da Paulicéia dominante visualmente falando.
Riqueza da paisagem urbana após restauração, pois além da ampla pista de skates que é ponto de atração forte para os esportistas o que se tem em volta é impagável. Vejo muita geometria, telhados `dos antigos`, relógio de igreja, e de certos outros pontos perspectivas inquietantes.
Um lugar de ``atitude`` pelos skatistas e marcante pela ``geografia predial`` eu diria assim. Eu realmente me comunico com as sensações que esse pedaço do centro transborda.

Tu ficas `` cercado`` de todos os lados e  de cima a baixo por aquelas inúmeras janelas que são como pinturas fazendo o lugar ser quase um coliseu e o que torna quem esta no centro em um quase palco. Ali é um local moderno, restaurado de encontro com o antigo e o que ele externa de memórias tão conservadas e bem vivas não consigo compor em um número razoável de palavras, sinceramente.

E´especial para mim e ponto.







   


             Lekitsch é o bar! Acho que os sócios beberam da mesma inspiração do bairro quando criaram a proposta da casa ...

           O bar tem uma decoração retrô, e mais do que o óbvio com  ``vista para a praça``, bastante intimista, em sua decoração, em suas instalações artísticas gera exatamente o indiscutível: é um tipico bar eclético de público e central de São Paulo.

          Conhecido por sua decoração, pois seu menu enxuto como ele mesmo já se declara, aparece mais pela sensação que em poucos lugares se pode resgatar!

(Eu que `sou` de São Paulo (porque minha alma nasceu aqui), digo que é um endereço para ``gente de fora `` ser apresentada no roteiro de turismo paulistano pois eu não sei descrever mais por pensar que isso pode ser pessoal.)

































O mundo de lembranças infantis através dos brinquedos que se transformaram naquela meia-sucataria e meio-objeto decorativo só remete  aquele ` estou em casa`!






          ``Nas companhias`` do brut Yonne e Domaine des Cognettes iltda* estavam ``complementando`` a cena a super simpátia Priscila ,``a  fã do Cognette``,  e a amiga sommeliére Patricia Brentzel. Fomos de entradas tradicionais da casa para entrar na cena do Lekitsch. 

O objetivo nosso era um reencontro nesse ano ainda que não poderia ter acontecido no melhor estilo paulicéia, e ótimo para mim que é um prato cheio de inspiração para outros olhares...
Não foi proposital a escolha do bar, foi até uma baita coincidência Priscila indicar o local quando me encontrei com ela na vila Mariana semana passada, pois eu havia feito uma ``varredura`` fotográfica do bairro mas ainda não frequentado nada por lá, e com isso a ideia veio a calhar. 
As meninas levaram  apenas o que gostam de beber, e como rótulos que confiam, pois trabalham com eles, isso levou abrir nosso primeiro encontro, se tivessemos planejado sei que não teria dado certo... 






         Da cave Jado, a cave dos vinhos franceses na zona sul de São Paulo, esse é o simples aperitivo que  tem uma característica bem vinda: super fresco e para nossa noite de verão `nem quente e nem menos quente`, digamos, achei um belo casamento de refrescância para acompanhar nossas trocas de ideias.

       Antes disso ainda sim abrimos com aquela cerveja do bar, que por sinal estava como eu gosto: ``comestível`` ou seja, eu digo isso sempre quando esta super na temperatura certa!
Não foi mistura não! Passamos horas degustando o local, as conversas, e portanto tudo estava num namoro ideal.








   O Yonne, espumante nacional, fechou a nossa saída! E eu cheguei a conclusão geral que em certos locais algumas bebidas chegam a dar mais prazer ainda do que se bebidas em outra ocasião mais    previsível.
EXPERIMENTE um local assim com `companias` leves que te dão prazer, alegria de sentir e me diga a verdade se não é.






Sobre 














Endereço do LeKitsch Bar

Praça Franklin Roosevelt 142, 01303020 São Paulo
11) 3120-2384
lekitsch@hotmail.com








Viva o Vinho!