Translate

terça-feira, 30 de abril de 2013

Bodegas del Uruguay - Alto de la Ballena -








               ``Uma opção turística a poucos kilometros de Punta del Leste, Uruguay.``

       

         Na bodega Alto de la Ballena localizada em Maldonado, é possível ser recebido por Paula e Alvaro, com todo entusiasmo que é característica própria dos uruguaios. Ao menos é assim que transmitem enquanto falam dos seus vinhos, vinhas, e empreendimento!

       Sierra de la Ballena, segue uma semelhança do solo rochoso e arenoso das montanhas, proximidade com o mar trazendo (a 112 metros acima do nível do mar) , quantidade certa de umidade e aeração com o  terroir da região do Loire da França, perto do Atlântico.
Domina a vista da  Laguna del Sauce, com o Pão de Açúcar ao fundo. Os 8 hectares de vinhas foram plantadas entre 2000 e 2001, e os primeiros cachos foram colhidos em 2005, e alta tecnologia A FAVOR.



                  E as castas de `Alto de la Ballena` são a  Tannat, Merlot, Cabernet Franc e Syrah.












                         Paula Pivel (na foto) além de Álvaro Lorenzo, os responsáveis pela bodega!


          Mas foi o corte de 85% Tannat e 15% viognier (2008) a que ``fui apresentada`` curiosamente...
        Um vinho super agradável, persistente, intenso e complexo, com uma cor vermelha púrpura, cheio de especiarias, flores, frutas vermelhas (ameixa) , baunilha e um tostado. Taninos potentes. 

        O aroma floral vem principalmente da casta Viognier conhecida por estes aromas florais, aromas de pêssego, damasco e violeta, devido à presença de terpenos que também são encontrados em vinhos Muscat e Riesling. 

      Segundo Paula, a  Viognier fermentou em barricas de carvalho francês e a bagaça proveniente da prensa são agregadas a  Tannat  à fermentação quando começa, depois de dois dias de maceração a frio.
O desenvolvimento foi realizado em recipientes de aço inoxidável. Assim segue o corte de Tannat com 10% de Viognier, que permanece em crianza durante 9 meses em barricas novas de carvalho americano.
Logo engarrafado preservando as suas qualidades e  por isso pode ter sedimentos naturais.






Obrigada Paula!




 Mais:

http://www.uruguaywinetours.com/bodega/16/bodega-alto-de-la-ballena/




Viva o Vinho!