Translate

sábado, 22 de junho de 2013

Japa & Torrontés Argentino, com toque de Riesling....







   Uma tarde ociosa dessas em casa, eu quis fazer sushi de salmão, e só para abrir o Torrentés que Manoel trouxe para mim na última trip. Antes, fomos `pescar` o salmão, é! Isso não é mentira, tem um lugar fora de São Paulo, onde os bichos nos esperam mais do que frescos... Mas essa história rende uma garrafa inteira, então não será agora!

Bem, o Torrentés em questão não tem uma baita acidez, ou seja, é uma uva bem  comportada, moderada e portanto ao encontrar nossa querida Riesling, pois esse argentino é um belo corte, eles fazem um par perfeito diante do peixinho a moda japa!

Eu sempre fui curiosa dessa uva, e nas últimas pautas provei muito dela, e apesar do final ser amargo para alguns, eu curto!

Bem, essa `degusta` foi engraçada, porque apesar de nós amarmos a cozinha japonesa, é meio contraditório, mas Manoel marina seu pedaço, para tentar tirar todo resíduo de `odor`...






Bom, termino dizendo que se tu gostas de Torrontés vá direto a fonte, ao Valle Calchaquí passear.
Lá terás alguns bons e a mesa para harmonizar será farta...

Enquanto isso ``em casa``, com tempos ociosos...







Touché!