Translate

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Château du Clos de Vougeot: símbolo de quase um milênio de história da Bourgogne




Clos Vougeot é principalmente falar sobre a história!






     Como toda a a história bourgogne esta ás voltas com a atmosfera da abadia cisterciense. Tudo começa a partir do século XII, os monges construíram no meio de vinhas, adegas edifícios. A construção foi concluída no século XVI por um edifício principal, no mais puro estilo renascentista.

Localizado no coração da Route des Grands Crus(carro-chefe), o Chateau du Clos de Vougeot está aberto para os  amantes da história, arquitetura ou vinho... 










    Mais de oitenta proprietários compartilham suas cinqüenta hectares, e os vinhos são vendidos em cerca de setenta rótulos diferentes  e vinhos maravilhosos, uma história de mais de 900 anos! O Clos de Vougeot  resume bem. 
Foi na noite que coloquei os pés em Beaune, o primeiro lugar que visitei. Coisa de quem entende da alma fotográfica é que me levou lá através de uma pergunta! Nem o cansaço da viagem de trem me deixou levar para o hotel direto!  A vista noturnica é sensacional!






    As coisas ficam complicadas quando se trata de terra. As parcelas acima do castelo são diferentes daqueles na parte inferior. Não é a altitude ou inclinação, que forma as diferentes expressões que podem ser encontradas no solo. O final é  dividido em três faixas distintas de terra. A parte alta fica ao lado de Musigny, conta com solo de cascalho marrom. No meio, as mudanças terrestres vão desaparecendo para dar lugar a argila. Finalmente, a parte baixa é feita de uma argila do solo mais compacto. E o "resto" das vinhas de Vougeot? Apesar de seu tamanho minúsculo, menos de 15 hectares, é certamente muito melhor do que o anonimato que mergulha no onipresente cru. 
Em Bertagna o monopólio Clos de la Ferrière também oferecem bons produtores, belas garrafas. 
Le Clos Blanc merece sua atenção. Esse monopólio no campo da Vougeraie (de propriedade da família Boisset) faz parte da primeira família branca de Cote de Nuits (vinhos), um bom motivo para ficar interessado. A segunda reside na qualidade dos vinhos desta relação única que é toda a originalidade de alguns grandes vinhos brancos da Côte de Nuits. 






        O vinho de Clos Vougeot merece uma reflexão em seu rubi profundo, muito brilhante. O nariz é mágico, belas notas de frutas vermelhas, como framboesa e frutas pretas como amoras que são aromas presentes e florais de violeta e rosas! O paladar é denso, marcado por taninos. Uma boca particularmente intensa, bastante explosiva, com notas de frutas e especiarias.



Esta cidade é Vougeot , localizada no departamento de Côte-d'Or.



Denominação - 

    O único nome do vinho Clos de Vougeot  é o nome com o mesmo nome: Clos de Vougeot.
 Um rótulo de vinho pode ser preenchido por um nome vinha, acrescentando  a "localidade", o clima, a vila ou o estilo vintage. 



Safras - 








Touché!