Translate

quarta-feira, 28 de março de 2018

Poesia de Roberta Sudbrack





   Cozinhar é uma das mais afetivas ações que alguém que pode fazer. Cozinhar com arte é para gênios. O amor que Roberta Sudbrack dedica às caçarolas se assemelha à paixão do telegrafista, violinista e poeta Florentino Ariza por Fermina Daza, descrita em detalhes por Gabriel Garcia Marques, cronista maior da literatura mágica, dono de clássicos que explicam a alma do mundo. 

Continua em: 



@pisandoemuvas twiter/instagram